Hórários de Expediente Clique aqui para ver
Rua Moisés Cantarelli, 368 Bairro Centro - CEP 97200-000

O sr. Domingos Gonçalves Mostardeiro e sua esposa, dona Antonia Becker Mostardeiro, foram os primeiros moradores de Restinga Sêca.
Segundo a tradição, o casal, depois de normalizar a situação política do Estado que até 1896 ainda esteve convulsionado por movimentos armados, teve a oportunidade de visitar o casal Justino Martins Pinto e Ana Martins Pinto (Dona Aninha). Esse casal era proprietário de grandes extensões de terras no “Rincão da Entrada”, onde era domiciliado, e onde o casal Mostardeiro pernoitava, quando de suas viagens entre Porto Alegre e Dona Francisca. Não só por necessidade itinerária, como também pelo alto cavalheirismo hospitaleiro daquele casal. E por este motivo tornaram-se grandes amigos, amizade esta, que durou até o fim de suas vidas.

Joaquim Martins Pinto, era filho do Patrono da Colônia de São Miguel. Por ocasião de uma destas visitas ele aconselhou o casal Mostardeiro a residir em “Caixa d’Água" que, segundo dizia, seria o ponto de ligação entre a Estrada de Ferro e as Colônias de Dona Francisca, Santo Ângelo (hoje Agudo), São Miguel e da Vila de São Sepé.

A Caixa d’Água situava-se no quilômetro 212 ½ entre as Estações de Estiva e Arroio do Só. Ficava à margem direita da sanga da Restinga, local em que mais tarde foi construída a Estação da via férrea.

O Rio Vacacaí Mirim e sua várzea, seriam grandes demais para tão auspicioso plano que o casal Mostardeiro deveria vencer.

Uma barca foi posta no Passo do Mirim, não faltaria, como não faltou, o auxílio dos colonos para que fosse em frente tal empreendimento. E como também não faltou a coragem necessária ao casal Mostardeiro. A Caixa d’Água em referência, hoje é a sede do Município de Restinga Sêca, para onde o casal Mostardeiro fixou residência em 29 de junho de 1899. Posteriormente a Intendência de Cachoeira do Sul, concluiu aterros, pontilhões e a conservação de estradas em geral.

Citamos alguns nomes de homens que com seus espíritos de desbravadores muito contribuíram para os primeiros passos desta grande empreitada: José Manoel, Honorato Crispim, Chico Cobre, Barão, Fortunato e outros.

 Fonte: Jornal Tribuna de Restinga - edição de 25 de março de 2011

Deseja entrar em contato com a Prefeitura, clique no botão ao lado... Fale Conosco