Resolução CME Nº. 02/2021 institui a Educação Patrimonial no município de Restinga Sêca

Aprovada em sessão de 24 de novembro de 2021, a Resolução implanta a partir do próximo ano, de forma gradativa, a Educação Patrimonial como componente curricular no município de Restinga Sêca.

A Secretaria Municipal de Educação, mantenedora e coordenadora das ações nas Escolas Municipais de Ensino Fundamental, por meio da Supervisora Pedagógica, Mestranda  do PPGPPC/UFSM, professora Raquel Ramos, solicitou ao colegiado do Conselho Municipal de Educação que o Tema Contemporâneo - Educação Patrimonial, assim contemplado no Documento Orientador do Território de Restinga Sêca - DOTRS/2019, fosse incluído no currículo escolar como componente curricular na etapa do Ensino Fundamental – Anos Iniciais na rede municipal de ensino.

Dentre outras, a intenção é desenvolver a percepção e o espírito crítico nos estudantes, desde cedo, através de uma metodologia especifica de trabalho, propiciando experiências e contato direto com os elementos da cultura material e imaterial, bem como com os saberes e fazeres, os acervos documentais, os elementos da paisagem e do território local e regional, garantindo, assim, para as gerações vindouras conhecerem seu passado-presente e as manifestações culturais as quais eles fazem parte.

A pretensão é que a escola, como principal elemento articulador de ações educativas, promova a valorização da história e da memória do município de Restinga Sêca para os estudantes, com vistas a instrumentalizá-los como agentes mirins multiplicadores de conteúdos e práticas dirigidas à preservação do Patrimônio Cultural construídos de geração em geração.