REUNIÃO DEBATE CRONOGRAMA E TRABALHOS A SEREM DESENVOLVIDOS PELA CONCESSIONÁRIA SACYR NA RSC 287

Na manhã de hoje, o prefeito Paulinho Salerno, participou de audiência online com o Ministério Público, com o Grupo Sacyr, concessionária da RSC 287, e AMCENTRO.

A reunião teve como finalidade debater os trabalhos a serem desenvolvidos pela concessionária na Rota de Santa Maria, assim como o cronograma e acompanhamento do trabalho na rodovia. O prefeito de Restinga Sêca, Paulinho Salerno, questionou quanto ao fluxo e a possibilidade de adiantar a duplicação de trechos como o de São Miguel Novo e Santuário.

O governo do Estado assinou a concessão com a Rota de Santa Maria no dia 20 de julho de 2021. O Grupo Sacyr assumiu a Rota em 31 de agosto. O consórcio deverá investir R$ 2,7 bilhões na RSC 287 nos próximos 30 anos, sendo R$ 1 bilhão já nos primeiros dez anos. O contrato de três décadas prevê a duplicação da estrada, um dos principais corredores logísticos do Rio Grande do Sul. Durante o período, a concessionária será responsável pelos 204,5 quilômetros entre Tabaí e Santa Maria.

Até então, o trajeto da rodovia entre Tabaí e Paraíso do Sul era administrado pela Empresa Gaúcha de Rodovias (EGR).